8.3.06

Pragas




















Não é o que se pensa logo à partida, tanto os coentros como as nabiças estão bem de saúde...
A história começa quando decidimos vir viver para Avis e comprámos a nossa primeira casa. Para quem a conheceu era uma casa de bonecas, não havia um piso ao mesmo nível e quando nos foi descrita, foi assim mesmo - "sobe-se e desce-se, sobe-se e desce-se, parcece uma casa de bonecas" -, acontece que havia um quintal com horta própria que tinha sido dada a explorar a um velhote.
Aqui está a praga, não foi uma, foram muitas as que roguei aos fim-de-semana quando às sete da manhã era invadida pelo som da enxada a sulcar a terra.
Hoje depois de termos mudado de casa ( não por causa da dita) é o mesmo velhote que nos vem trazer os legumes.
Ainda bem que não sei rogar pragas...

1 Comments:

At 6:08 da tarde, Blogger BoDy anD SouL said...

hooo como adoro hortas e coentros e esses azulejos.Tambem quero uma horta, fiquei inspirada com alguem que comecou uma horta em vazos e ste ano nao posso dizer que tive muita producaomas e, foi uma esperiencia para o ano talvez tenha mais coragem. Aqui na australia nao se cava, heheh, depois dou a dica como se faz sem suor, e o prazer de colher, bem ca eu gosto de sujar as maos, relaxa-me.
Ja agora obrigado por me adicionar no flickes, adorei as suas ilustracoes, ainda so comecei a ver.
Isa

 

Enviar um comentário

<< Home